sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Sobre os novos começos


A Hannah Arendt tem uma expressão muito bonita para falar dos momentos em que uma novidade entra no mundo: são os novos começos. Momentos de abertura, capazes de fundar novas tradições. É uma novidade que muda a configuração das coisas e a nossa maneira de perceber o mundo, inaugurando novas possibilidades.

Há uma sedução nos novos começos. Uma espécie de vertigem frente às imensas possibilidades que cintilam. É um momento singular e pouco duradouro, pois ninguém consegue sobreviver por muito tempo em uma situação indefinida - um tempo que não é mais, mas também não é ainda.

Revoluções podem dar origem a novos começos. A irupção de movimentos sociais, também. Quem já se engajou em movimentos, independente da natureza, conhece essa sensação boa de, agindo, parecer estar criando um novo mundo.

Há novos começos mais discretos, no entanto. Pequenas ações que vão criando condições para transformações mais amplas simplesmente porque afirmam outras possibilidades. Não é esse o lema do Fórum Social Mundial, por exemplo? Afirmar que outro mundo é possível coletando experiências que mostram outras possibilidades, que já acontecem hoje? Possibilidades que não têm pretensões de valer para todo mundo, mas cujo valor está na incisiva demonstração de que pode ser de outro jeito.

A Hannah Arendt, aliás, parecia ter um certo fascínio pelas experiências mais discretas, pelas possibilidadades que poderiam apontar. Ela gostava, por exemplo, das ações políticas que utilizavam o humor e a imaginação, ao invés do ressentimento dos argumentos reiterados. Por meio da criatividade, é possível afirmar outra possibilidade ao invés de simplesmente negar o que existe. A imaginação política se manifesta também na criatividade da ação.

Este blog vêm à luz sem uma "agenda" muito clara; nasceu de uma provocação para criarmos um espaço que nos estimulasse a pensar e escrever um pouco sobre a vida e o mundo, a partir de referências sociológicas e, de preferência, sem usar um jargão excessivamente hermético (embora, inevitavelmente, vá acontecer de vez em quando). É um espaço de experimentação e de diálogo - por isso, comentários são bem vindos.

Deve ir ganhando rosto e voz na medida em que o tempo passa. Mas por enquanto ainda está pleno de possibilidades - privilégio dos novos começos.

Bem vindos!

Imagem: http://www.gettyimages.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário